A fabricante de carros alemã Volkswagen apostou na solução da IBM, impulsionada pela Linux Foundation’s Hyperledger Fabric, que consiste numa plataforma de blockchain para o rastreamento de materiais, e que partilha a informação com todos os participantes da rede. A empresa procura uma maior transparência para o fornecimento de minerais para as suas baterias de lítio, uma aposta que tem vindo a reforçar.

Segundo a Volkswagen, esta preocupação com a rastreabilidade espera trazer benefícios ao nível da “eficiência, sustentabilidade e transparência em cadeias de abastecimento globais de minérios”.

“Aliar-se a esta colaboração irá permitir ao Grupo Volkswagen ganhar maior visão sobre a proveniência do cobalto usado nas baterias de iões de lítio para veículos eléctricos e outro tipo de minerais utilizados noutros locais da produção de veículos”, explica a empresa em comunicado.

Também membros da plataforma são a Ford Motor Company, a Huayou Cobalt e LG Chem, e a plataforma está a pensar expandir-se para a aeronáutica, electrónica de consumo e operações mineiras.

Share This

Partilhar este artigo