O gigante dinamarquês A.P. Moller-Maersk anunciou juntamente com os seus resultados trimestrais que está tudo a postos para a aquisição da companhia alemã Senator International, bem como dois Boeing, com o objectivo de ampliar os seus negócios além do transporte marítimo.

O maior armador, que movimenta um em cada cinco contentores enviados em todo o mundo, vai comprar a Senator International – cujo maior negócio é no frete aéreo -, por 644 milhões de dólares, informou.

Os dois cargueiros 777 agora encomendados serão operados pela Star Air, a empresa aérea da Maersk, que actualmente voa apenas com jactos Boeing 767.

“Como integradora global de logística de contentores, a Maersk está a melhorar a capacidade de fornecermos recursos de logística ponta a ponta aos nossos clientes. Este ano fortalecemos a nossa oferta por meio de aquisições de logística de comércio electrónico, investimentos em tecnologia, expandimos os nossos armazéns e, como próxima etapa natural, estamos agora a aumentar a nossa capacidade na carga aérea, criando uma rede mais ampla para responder ainda melhor às necessidades dos clientes”, disse Vincent Clerc, vice-presidente executivo da companhia.

O cargueiro 777 pode transportar uma carga útil máxima de 102.000 kg e é o modelo mais vendido da Boeing desde sempre. Desde 2005 já foram encomendados mais de 300 a nível mundial.

Share This

Partilhar este artigo