A Olicargo é o primeiro inquilino do Lisboa Park, o recém inaugurado parque logístico da Merlin Properties, em Castanheira do Ribatejo. Nesta primeira fase serão 16.000 m2 dedicados à logística contratual que vêm complementar os 25.000 m2 que o prestador de serviços logísticos português já detinha na Póvoa de Santa Iria e reforçar a capacidade de resposta da empresa às necessidades do mercado e dos seus clientes.

À Supply Chain Magazine, em primeira mão, Américo Ribeiro, Board Member e Contract Logistics Manager da Olicargo revela que “este é mais um importante passo na estratégia de desenvolvimento traçada pela Olicargo, que se mantém focada na criação de valor para os seus clientes, accionistas, colaboradores e parceiros. São eles que nos motivam sempre a ir mais além, avançando para novos espaços e novas geografias. É isto que temos feito nos últimos anos, antecipando necessidades, construindo novas soluções e tecnologias que nos permitem estar ao mais alto nível no panorama da logística nacional e internacional”.

Foi neste contexto que no início do último trimestre de 2020, a empresa tomou a decisão estratégica de expandir os seus espaços dedicados à logística contratual na zona da Grande Lisboa e “o parque logístico da Merlin Properties era a solução para podermos dar continuidade ao nosso crescimento”, realça Américo Ribeiro.

“Este local vem adequar-se à nossa estratégia. A sua localização, a superior qualidade das instalações, os modernos sistemas de segurança, essenciais para operações logísticas e de transporte avançadas, motivaram a nossa decisão”, salienta o Contract Logistics Manager da Olicargo. Entre outros factores com peso na tomada de decisão está o crescimento do comércio electrónico e as suas necessidades logísticas muito específicas, o que “foi igualmente impulsionador do nosso crescimento para novos espaços com características e localização que favorecem a eficiência das operações e dos níveis de serviço aos nossos clientes. A aliança entre estes ganhos de eficiência e a nossa especialização em operações complexas, nomeadamente as ligadas ao comércio electrónico, resultam na nossa crescente expansão e reconhecimento do mercado”, sublinha Américo Ribeiro.

Além do comércio electrónico, o novo centro logístico da Olicargo no Merlin Lisboa Park está orientado para os sectores do retalho, alimentação e bebidas, automóvel e aeronáutica, mas procurando igualmente “servir outros sectores que querem ver a sua logística robusta e como fonte de criação de valor para os seus produtos e marcas”, explica o porta-voz da Olicargo, lembrando que “estas instalações serão complementares aos nossos centros logísticos de Póvoa de Santa Iria, que resultaram de um investimento de mais de 10 milhões de euros nos últimos cinco anos. Simultaneamente, a Olicargo está a investir na zona Norte na ampliação do seu centro logístico da Trofa para 20.000 m2, com inauguração prevista para finais de Julho deste ano”.

Contas feitas, em poucos anos, a gestão de armazéns, dedicada a projectos no âmbito da logística contratual, ascende a 96.000 m2 em três distritos – Lisboa, Porto e Covilhã – contando a Olicargo com sete centros logísticos e empregando cerca de 216 colaboradores directos.

“Temos os meios, as pessoas e a tecnologia para o futuro. Temos a capacidade financeira e a reputação de uma marca que só sabe prestar serviços de qualidade superior. Temos a atitude de pessoas motivadas e empreendedoras. Para nós, este é apenas o primeiro passo do nosso projecto neste local. Com o desenvolvimento de novos espaços e projectos para o parque, avizinham-se, a curto e médio prazo, novas posições e investimentos por parte da Olicargo” no novo parque logístico de Castanheira do Ribatejo. Para já, os principais investimentos estão concentrados na aquisição de modernos equipamentos de handling, estruturas de armazenagem, sistemas de segurança de última geração, redes e sistemas de informação Tier 1.

Apesar da importância crescente que a logística contratual tem vindo a ganhar para a empresa, o transporte internacional continua a ser um dos pontos fortes da Olicargo. “Continuamos a registar recordes de crescimento nos transportes internacionais. O segmento do transporte internacional marítimo, aéreo, terrestre e intermodal estão nas nossas origens e ainda hoje representam a maior fatia do volume de negócios do grupo”, salienta Américo Ribeiro, aproveitando para realçar que também neste âmbito as novas instalações no Lisboa Park são estratégicas:  “com esta nova localização e a sua proximidade aos portos, aeroportos e principais vias rodoviárias do país, a Olicargo reforça a sua capacidade de oferta ao mercado e assegura o seu compromisso de crescimento”.

Share This

Partilhar este artigo