Embora tenha reduzido a participação no total das importações moçambicanas de 4,22% para 3,32% em 2018, manteve-se em sétimo lugar no ranking de exportação para este país, tendo ainda crescido enquanto cliente, e quase duplicou o valor de compras feitas a Moçambique nesse mesmo período.

Entre os principais produtos portugueses exportados para o país africano encontram-se medicamentos, químicos, alimentos e bebidas, óleos derivados de petróleo, livros, materiais de construção, electricidade e maquinaria. Em 2017 tinha exportado 242 milhões de dólares para Moçambique, valor que baixou para 230 milhões de dólares em 2018.

Do outro lado da balança, Portugal passou de 18.º para 16.º comprador a Moçambique entre este período, tendo quase duplicado o valor das suas compras, de 22 para 41 milhões de dólares. Deste valor, 17,7 milhões foram destinados à compra de crustáceos, e 14,8 de açúcar de cana.

Apesar disso, o défice da balança comercial de Moçambique agravou-se de 1.020 milhões de dólares em 2017 para 1.931 no ano passado.

Share This

Partilhar este artigo