A VGP Parques estabeleceu no início deste mês uma parceria com a Allianz para a compra de 50% de cada parque após a sua construção, ao preço de mercado no momento da sua conclusão. Esta joint venture permite à VGP renovar capital e envolverá seis países: Áustria, Itália, Países Baixos, Portugal, Roménia e Espanha.

O empreendimento será administrado através da Allianz Real Estate e espera-se que ao longo de cinco anos atinja um valor bruto de 1,7 mil milhões de euros, adquirindo exclusivamente activos importantes desenvolvidos pela VGP.

Esta é a segunda ronda de investimento feita pela Allianz com a VGP, tendo a primeira sido feita em Março de 2016 para os parques da Alemanha, República Checa, Eslováquia e Hungria, e que entre propriedades, construídas ou sob-construção, já atingiu os 1.4 mil milhões.

“É com orgulho que vemos expandida a nossa parceria com a Allianz Real Estate. O nosso grupo tem crescido significativamente desde a primeira joint venture em 2016, e o aumento da capacidade de investimento, bem como a pegada ampliada das duas parcerias encaixa muito bem com o nosso perfil pan-europeu”, comenta Jan van Geet, CEO da VGP, “através da combinação das duas, podemos continuar a reciclar o nosso capital investido e re-investir os rendimentos no desenvolvimento e na expansão do nosso portefólio”.

Por parte da Allianz Real Estate, Olivier Téran, CIO da empresa, defende que “a logística permanece enquanto sector bastante atractivo, em mercados estabelecidos como os dos Países Baixos, Espanha e Itália, mas também em rápido crescimento como na Roménia, e a Allianz está focada em criar selectivamente a sua exposição global ao trabalhar com parceiros privilegiados como a VGP”.

“Estamos contentes por trabalhar novamente com a VGP, um líder no sector da logística europeia e uma empresa com um histórico de sucesso comprovado e com imensa experiência na dinâmica de mercado”, acrescenta o CIO da Allianz.

Share This

Partilhar este artigo