As parcelas de terreno na Plataforma Logística de Salvaterra-As Neves (Plisan), na Galiza, estão a baixo custo, arrancando hoje um leilão para a sua venda, entre 51 e 70 euros por metro quadrado. As empresas poderão licitar até 30 de Setembro por um dos 45 lotes dos primeiros 350 mil m2 situados a sul de Pontevedra, região próxima da fronteira com Portugal.

A aposta feita na região galega tem por base criar alguma competitividade com as empresas instaladas em Portugal e retardar a diáspora de empresas para as populações portuguesas perto da fronteira. O presidente da região da Galiza, Alberto Núñez Feijóo, declarou que como forma de incentivo, não só o custo do solo foi reduzido, mas também as licenças.

O custo dos lotes entre 2.104 e 12.000 será de 51 euros por metro quadrado, enquanto os que tenham entre 20.000 e 30.000 irão custar 70,28 euros, sendo que está previsto que as empresas se comecem a instalar no primeiro semestre de 2020.

Share This

Partilhar este artigo