O ano de 2019 fica marcado por uma das maiores produções de cereja dos últimos anos em Portugal, graças às condições meteorológicas favoráveis que se registaram. Assim, o Continente decidiu apostar nesta fruta que, por norma, tem grande adesão por parte dos consumidores, nesta altura do ano.

A marca prevê adquirir cerca de 550 toneladas de cereja portuguesa de cinco fornecedores, nomeadamente a Cerfundão (que agrupa cerca de 50 produtores), as Frutas Almério, a Cermouros, a Cereja S. Julião e a Quinta da Feitoria.

A variedade de cereja que se pode encontrar nas lojas Continente provêm, na maioria, da cidade do Fundão. Esta fruta ganhou o estatuto, em Março do presente ano, de Indicação Geográfica devido às suas particularidades associadas às condições geográficas e climatéricas da região.

É através do Clube de Produtores Continente, que a marca irá dar apoio aos produtores nacionais desta fruta, destacando a Cereja do Fundão 28+, superior a 28 milímetros de calibre.

Share This

Partilhar este artigo