Entre Janeiro e Abril, o porto de Leixões movimentou mais de 6,6 milhões de toneladas de mercadoria, numa variação homóloga de 5% que representa o melhor registo de sempre em período homólogo.

Em termos gerais, os movimentos acumulados de Janeiro a Abril de 2019, por comparação aos períodos homólogos, são máximos, entre outros, no total de carga, na carga contentorizada e na carga ro-ro, em contentores, quer em número, quer em TEU’s.

De facto, face ao mesmo período do ano anterior, Leixões cresceu a dois dígitos na maioria dos segmentos: 14% na carga geral; 18% na carga fraccionada; 12% na carga contentorizada e 19% na carga Roll-On/Roll-Off. Por sua vez, também os contentores tiveram um crescimento assinalável, quer em número (14%), quer em TEU’s (13%).

As exportações acompanham este crescimento. Só entre Janeiro e Abril deste ano já saíram daquele porto 1.793.162 toneladas de mercadoria, o que representa um crescimento de 18% face a igual período do ano anterior. Os principais países de destino são os Países Baixos, o Reino Unido e Espanha. Produtos refinados, ferro, aço, papel e cartão estão entre as principais mercadorias exportadas a partir de Leixões.

Share This

Partilhar este artigo