A ID Logistics, operador logístico internacional, selou um acordo com o fabricante Volkswagen para a renovação do contrato de gestão de serviços no ‘supermercado’ de montagem do armazém, na fábrica de Landaben, em Navarra.

A entrega dos serviços logísticos à ID Logistics aconteceu em Julho de 2009, com o arranque da produção do modelo Volkswagen Polo A05. Este ‘supermercado’ revelou-se um projecto de referência na logística da fábrica e só foi possível graças à renovação dos modelos fabricados, das novas exigências da produção com a consolidação dos mais recentes sistemas de verificação e picking e da introdução de veículos auto-guiados AGV’s para o movimento de materiais no interior da unidade de produção até à linha final de montagem.

O operador logístico terá a seu cargo um armazém de 18.000 metros quadrados, local onde será realizada a gestão de peças de alta rotação, com poucas referências e stock reduzido. Esta operação in-house inclui os processos de descarga de camiões, recepção e localização de mercadoria. No total, é esperada a gestão de mais de meio milhão de volumes recebidos por ano. A partir daqui, o operador gere os fluxos de reposição de materiais nas diferentes linhas de preparação, que incluem os processos de pré-montagem, transferência e sequenciação de peças de diferentes famílias. Numa fase posterior, todo o material preparado, bem como os que vão directamente para a linha, são transportados e fornecidos à linha final de montagem.

Javier Echenique, Director-Geral da ID Logistics Ibéria, salientou os benefícios que têm vindo a surgir fruto da relação com a Volkswagen Navarra “ao longo deste tempo temos trabalhado de perto, gerindo uma parte importante da logística de produção de diferentes gerações de modelos. A experiência e o know-how no sector automóvel são fundamentais, uma vez que se trata de uma logística muito especializada, onde o operador faz parte do próprio processo de produção”.

Por sua vez, Alfonso Eslava, Director de Logística da Volkswagen Navarra, acrescenta “o arranque de qualquer nova operação, como a introdução de um segundo modelo, implica um trabalho conjunto prévio com o fornecedor logístico, para a definição dos fluxos logísticos internos na fábrica, o desenvolvimento dos sistemas informáticos que melhorem a produtividade nas operações e, por fim, uma estreita colaboração que garanta o sucesso da operação e lançamento do modelo. A equipa de produção e engenharia da ID Logistics tem-nos acompanhado em todo o processo, partilhando o seu conhecimento na detecção e implementação de pontos de melhoria ao longo de toda a actividade”.

Share This

Partilhar este artigo