A região da Madeira pretende terminar o ano com uma exportação de 40 toneladas de anona, fruta tropical produzida na região, utilizando um cargueiro da MAIS. O anúncio foi dado por Miguel Albuquerque, presidente do governo regional madeirense, no decorrer da 28ª edição da Festa da Anona, na freguesia do Faial.

O responsável prevê uma exportação, “neste primeiro ano, através do avião cargueiro, de cerca de 40 toneladas deste fruto”, e destacou ainda a importância da inauguração, em Fevereiro, do novo centro de processamento de anona para exportação, o qual iniciou as operações em Janeiro. Miguel Albuquerque conta que a ideia passa por continuar a incentivar a produção deste fruto e manter bons os preços.

O transporte é feito através do cargueiro da MAIS, que liga diariamente a capital ao Funchal, e o transporte deste fruto vem contribuir para consolidar melhor a carga transportada entre o continente e o arquipélago.

Share This

Partilhar este artigo