A empresa norte-americana, que se dedica ao desenvolvimento de software empresarial de génese industrial e logística, ambiciona ganhar espaço no mercado nacional, meta que não será alcançada através de recursos internos.

De forma a expandir a rede de parceiros, a Infor está a delinear uma estratégia e contratou, ainda, um regional manager para o mercado português.

“De momento estamos a delinear o perfil de parceiro que pretendemos”, afirma Paulo Rosa, sales manager da Infor em Portugal. Reforça dizendo que os parceiros têm a possibilidade de “concretizar mais negócio face aos sistemas que implementam actualmente”.

A nível do cross sell, o sales manager encara como uma grande oportunidade, uma vez que soluções como o Infor Enterprise Asset Management (EAM), para gestão de manutenção e activos, e o Birts, de business intelligence e analytics, podem ser implementadas sobre ERP’s que não sejam Infor “o ERP continua a ser o grande negócio, mas há muito potencial negócio na área do EAM e do Birst. São uma porta de entrada não só para essas soluções, mas também para que mais tarde seja possível perceber se o cliente tem intenções de mudar de ERP”, refere Paulo Sousa.

No caso do EAM, o sales manager mostra um feedback muito positivo, uma vez que se trata de uma ferramenta de gestão de activos e não um módulo de um ERP, tornando-se integrável com ERP’s de outros fornecedores. Diz ser uma solução flexível e potente.

Share This

Partilhar este artigo