Nos dias 20 e 21 de Novembro decorreu em Lisboa o “V Seminário de Compras Públicas na Saúde”, um evento que visa promover o debate e a reflexão entre as instituições do Ministério da Saúde, e entre os sectores privado e público na contratação pública. Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) promoveram pela quinta vez o evento para os profissionais do sector e que se reuniram para um momento de debate e troca de experiências.

Nesta edição, a SPMS premiou o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) em e-Procurement, devido aos seus investimentos na área, visto ter sido a instituição de saúde “que lançou mais procedimentos de compra através da plataforma electrónica Compras na Saúde, no ano de 2018 e, até à data de 6 de Novembro”, conta a administração do centro hospitalar.

Durante 2018 verificou-se uma predominância das aquisições ao abrigo do Acordo Quadro, uma representação de 52% através da plataforma Compras na Saúde, e 74% dos procedimentos por consulta prévia foram abertos ao CPV (Código do vocabulário comum para os contratos públicos). Foi ainda convidada uma média de 260 fornecedores por procedimento.

A administração considera que estes resultados são obtidos através de “uma gestão eficiente e consciente na contratação pública, considerando que as compras públicas são realizadas com o dinheiro do erário público e que, anualmente, cerca de 43% do orçamento do CHTMAD, tem origem no SAL [Serviço de Aprovisionamento e Logística]”.

Share This

Partilhar este artigo