A unidade Pharma, que faz parte da Rangel Logistics Solutions, lançou uma solução tecnológica que permite a verificação diária dos medicamentos que entram em distribuição a nível nacional, num sistema que está ligado directamente ao repositório nacional da MVO Portugal (Associação Portuguesa de Verificação de Medicamentos).

Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions explica que “o nosso sistema informático está interligado com a base de dados da MVO Portugal, que detém os Identificadores Únicos e que o nosso sistema lê aquando do picking ou da devolução dos medicamentos. Todos os que não constarem na base de dados da MVO são considerados falsificados e saem do circuito”.

Graças a esta tecnologia, a Rangel assegurou que os seus clientes do setor farmacêutico cumprissem a nova directiva, a entrar em vigor dia 9 de fevereiro, que prevê a introdução de dispositivos de segurança na União Europeia, para prevenir a falsificação ou adulteração de medicamentos.

O sistema foi disponibilizado em 2018 e realizava operações de verificação e desativação dos Identificadores Únicos dos seus parceiros, diariamente. A unidade Pharma estima que, por ano, o novo regulamento seja aplicado a 70 milhões de unidades oriundas dos 35 clientes que aderiram a esta solução tecnológica.

“A solução tecnológica e operacional da unidade Pharma da Rangel tem como principal objectivo, desde o primeiro momento, mitigar ao máximo o impacto do novo regulamento nas operações do dia-a-dia dos nossos parceiros”, afirma Nuno Rangel.

A unidade Pharma destaca-se no mercado nacional como operador logístico especializado e autorizado para a distribuição de produtos farmacêuticos, chegando aos 100 milhões de unidades por ano.

Share This

Partilhar este artigo