Os automóveis têm, em média, 30 mil peças, vindas de todas as partes do mundo, inclusive do Reino Unido, que após Março de 2019 passará a ser um mercado mais instável, devido à saída da União Europeia. O Brexit poderá ser um grande problema para as empresas, tanto as que fornecem peças automóveis como as que são fornecidas, pois caso não existam negociações definidas até ao final do terceiro mês, serão aplicados custos de importação e exportação, entre outras taxas adicionais ao longo da cadeia, o que levará a que o fabrico de cada automóvel passe a custar aproximadamente mais 2.000 libras do que o actual.

Caso os negociadores do Brexit não cheguem a um acordo, os fabricantes de automóveis por toda a Europa irão sentir uma grande disrupção dentro das suas cadeias, e com isto não podemos pensar apenas em motores, mas peças menores imprescindíveis para o funcionamento de um automóvel também estão envolvidas, cuja importação viria a trazer custos acrescidos.

Com barreiras criadas no livre trânsito de mercadorias, também os custos de transporte vão ter de ser repensados, bem como a proveniência dos fornecedores, custos de produção e mesmo a armazenagem. Tudo o que envolva novas taxas será um aspecto a repensar com a saída deste mercado da União Europeia.

A Aston Martin já se mostrou preocupada com o aperto que esta saída representa para o seu abastecimento de componentes, especialmente com as restrições que se começam a sentir nos portos. Prevê-se que a nova documentação relacionada com a importação e exportação de bens irá atrasar os envios marítimos, de tal maneira que o CEO da empresa já disse mesmo ter considerado transportar as peças pelo ar e não por via marítima, por sentir que apesar de o transporte ser um pouco mais caro, é um risco que está disposto a tomar, de modo a garantir que as suas fábricas continuem a receber componentes a tempo.

Algumas empresas já se encontram a acumular grandes stocks antes que as novas taxas entrem em vigor, mas isso também traz custos acrescidos de armazenagem e, por mais que se armazenem, estes serão sempre finitos.

Share This

Partilhar este artigo