As 24 Horas de Logística, evento formativo, em formato de jogo, organizado pela Sfori em parceria com a SCM, estão de volta. A caminho da 15.ª edição, este ano o evento acontece nos dias 15 e 16 de outubro, na fábrica da Super Bock Group, em Leça do Balio, e como habitualmente é preciso mais do que energia para superar 24 Horas de Logística. Proatividade e sinergia entre os participantes fazem também toda a diferença para se chegar ao fim com a sensação de missão cumprida.

As 24 Horas de Logística marcaram uma nova forma de estar e abordar a formação de recursos humanos e equipas do setor logístico em Portugal. 15 anos depois, este evento formativo que mantém um formato de jogo entre equipas de logística de diferentes empresas e setores, durante 24 horas ininterruptas, também amadureceu.

A iniciativa junta o desenvolvimento de competências e conhecimentos da logística e das operações, através de provas e exercícios práticos e teóricos, pensados em articulação com o coordenador pedagógico das 24 Horas, equipa da empresa anfitriã e patrocinadores, que apelam por exemplo ao reforço da capacidade de tomada de decisão, liderança, trabalho de equipa, capacidade de adaptação e de resposta a diferentes ambientes (diurno e noturno), conceitos que no dinâmico e competitivo mundo das cadeias de abastecimento pode fazer toda a diferença.

Pelo conceito e dinâmica que envolvem e geram, ao longo destes 14 anos as 24 Horas de Logística têm-se revelado para os participantes um tubo de ensaio, para testar recursos, capacidades e até descobrir algumas que ainda não se tinham revelado.

Embora a informação sobre as provas desta 15.ª edição esteja como é hábito no segredo dos deuses e só sejam conhecidas no dia e à medida que o jogo vai avançando, ficam algumas informações sobre a logística da empresa anfitriã. O Super Bock Group inaugurou o seu armazém em Leça do Balio em 2015, na celebração dos 125 anos da Unicer, nome anterior do grupo. Esta fábrica foi o maior investimento feito pela Unicer até essa data, superando os 100 milhões de euros. A infraestrutura foi criada de raiz, com 33 metros de altura e uma área de cerca de um hectare, capaz de armazenar 40 mil paletes e de movimentar diariamente 12 mil.

Embora o evento tenha classificações, a intenção não é apenas vencer, mas também avaliar e desenvolver diferentes competências. As equipas são acompanhadas por uma equipa de facilitadores, profissionais que dão suporte às equipas e que apresentam um relatório final com informações importantes sobre os elementos das equipas, para as empresas poderem analisar e até descobrir capacidades que desconheciam sobre os seus colaboradores.

São muitos os laços que se estabelecem e reforçam ao viver 24 horas de logística mas, além disso, a validade da experiência para os profissionais que ao longo dos anos se têm posto à prova é unânime: o que levam como grupo de trabalho para as suas empresas repercute-se positivamente no seu desempenho e nas operações.

Poderá obter mais informações sobre as 24 Horas de Logística através do website do evento, ou através de e-mail, e rever AQUI alguns momentos da 14.ª edição.