No passado dia 21 de Dezembro a Câmara Municipal da Amadora lançou oficialmente o primeiro SmarketCity, um mercado digital focado em promover a economia circular e o tecido empresarial da região. Esta ferramenta gratuita foi desenvolvida em parceria com a Vortal, com a finalidade de facilitar as compras e vendas entre empresas da Amadora, mesmo as de menor dimensão.

Para além de permitir uma aproximação a outras empresas, este espaço também permite que empresas que não contam com plataformas digitais possam ter acesso a uma, e expandir a sua carteira de clientes sem custos adicionais.

Bernardo Bastos Lopes, diretor da SmarketCity na Vortal, explica que para terem acesso “as empresas, independentemente da sua dimensão e setor de atividade, começam por fazer um pedido de orçamento através do SmarketCity. De seguida, todas as empresas registadas enquanto vendedoras desse tipo de produto/serviço são notificadas, podendo apresentar as suas propostas. Quem está interessado em comprar avalia então todas as propostas recebidas e decide com quem quer fechar negócio. Isto aplica-se a qualquer tipo de produtos e serviços, bastando para isso que exista uma empresa da região que o forneça”.

Por parte do município, Carla Tavares, Presidente da Câmara da Amadora, compreende a importância destas redes colaborativas e de partilha de serviços, e de ajudar as empresas neste momento de dificuldade para a economia local. “O tecido empresarial é uma parte significativa e muitíssimo relevante da nossa Cidade e daquilo que é a sua vivência. Queremos consolidar e fazer crescer a nossa intervenção na Cidade, que tem sido liderada pela Amadora Inova. Estamos juntos neste desafio de consolidação do tecido empresarial, que é importante neste momento mais difícil, que representa uma mais-valia para o tecido empresarial da Cidade”, comenta a autarca.

“O SmarketCity dá uma voz a todos os negócios da região, facilita a economia circular e ajuda a fazer crescer os pequenos negócios sem obrigar a qualquer investimento, algo particularmente importante nesta fase de recuperação”, defende Jorge Macara, vice-presidente da Vortal, “acreditamos que é preciso convergir para uma lógica de economia circular e quisemos estar na frente, ao criar este conceito e disponibilizá-lo aos Municípios de todo o país”.

O lançamento da plataforma teve o mote “Apostamos na Economia Local”, numa sessão que tomou lugar na Amadora Inova. Já se encontra a decorrer o período de pré-registo de todas as empresas da região no SmarketCity Amadora, e espera-se que as primeiras transações decorram ainda durante o ano de 2021.

Share This

Partilhar este artigo