A Victoria’s Secret & Co. anunciou um aumento de 7% nas vendas no terceiro trimestre, mas registou também um atraso em 45% do stock de Outono devido aos constrangimentos na cadeia de aprovisionamento que estão a afectar também a indústria da moda a nível mundial.

Cerca de metade dos pedidos de Outono da empresa foram adiados, sendo esta uma “situação má para o negócio”, segundo Martin Waters, CEO da marca, mencionando ainda o problema de 25% dos pijamas estarem actualmente a sofrer atrasos, numa época do ano em que são comprados como presentes.

Face a estes desafios, a retalhista tomou medidas para amenizar o impacto destes atrasos, nomeadamente cancelando alguns pedidos e tentando evitar problemas de envio, recorrendo ao transporte aéreo, que o CEO diz que será utilizado para importar cerca de 90% do stock de Natal da Victoria’s Secret. Não obstante, a empresa estima que os constrangimentos relacionados com o transporte custarão um total de 150 milhões de dólares no terceiro e quarto trimestres.

Share This

Partilhar este artigo