Novembro, em Lisboa, volta a ser sinónimo de cimeira tecnológica. Por estes dias, no Parque das Nações, e até amanhã, dia 4, todos os caminhos vão dar à Web Summit. A maior cimeira tecnológica, desde a pandemia, está de volta.

Num momento de grande incerteza para muitos sectores e, na verdade, para o próprio mundo, a Web Summit 2021 reúne empresários e CEO’s de empresas de tecnologia, startups de rápido crescimento, responsáveis políticos e chefes de estado para fazer uma pergunta simples: Qual o próximo passo? Dão-se alvíssaras a quem encontrar a resposta.

A Web Summit reúne pessoas e empresas globais com capacidade para redefinir a indústria mundial de tecnologia. Em destaque as suas visões de futuro – e do futuro – à boleia, claro está, da tecnologia e da evolução digital. Haja chips!

Deixamos-lhe alguns números da edição deste ano, que falam por si.

 

4 dias de evento
748 oradores
1.333 intervenções (incluindo firesides, Q&A, keynotes, mesas redondas e masterclasses)
1.519 startups
872 investidores
70 unicórnios
+de 500.000 pedidos de ligação via app
+ de 50 food trucks
200.000 cafés
152 toneladas de comida

 

Tudo isto para receber mais de 42.751 participantes oriundos de 128 países. Apesar do Brexit, o Reino Unido lidera no que diz respeito a países de origem das startups, seguido da Alemanha, sendo de salientar aqui o Brasil a ocupar o ‘Top 5’, um sinal de que o gigante da América Latina está a acordar e as suas startups com vontade de conquistar a Europa. Empresas de Angola, Moçambique e Cabo Verde também participam na edição deste ano.

LINKS ÚTEIS
Website: https://websummit.com/
Flickr: https://www.flickr.com/photos/websummit/albums/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCJtkHqH4Qof97TSx7BzE5IQ

Share This

Partilhar este artigo