Com escritórios em Espanha (Barcelona e Valência) e Marrocos (Casablanca), a Garland quer continuar a expandir fronteiras. Por isso, a pensar nos mercados internacionais, e à semelhança do que já acontecia com a Garland Transport Solutions, as empresas Garland Logística e Garland Navegação, adotam nomes em inglês, passando agora a denominar-se Garland Logistics e Garland Shipping, respectivamente.

A holding do Grupo deixa de se chamar Garland Laidley, um nome histórico da empresa, que foi fundada em Portugal há 245 anos, para passar a ser apenas Garland, SA, o nome da marca única com que a empresa é conhecida no mercado. Laidley é um nome que foi incorporado na designação da empresa, quando a família Laidley entrou no capital da Garland ainda no século XIX, detida na altura exclusivamente pela família Garland. Mais tarde, com a saída da família Laidley e a entrada da família Dawson, a empresa optou por não alterar a denominação pela qual era conhecida no mercado.

A holding Garland, SA incorpora todas as áreas de negócio da anterior Garland Laidley, SGPS e da Garland Gestão Imobiliária, SA, dando origem a uma só empresa, mais forte e mais robusta, e desde logo mais representativa da imagem da Garland no mercado.

“A mais recente reorganização do Grupo foi um processo faseado, tendo começado com a definição de uma marca única no mercado, a Garland, em 2006. Seguiu-se o arranque da internacionalização em 2014, com a abertura de escritórios em Espanha e Marrocos, e, em 2016, a criação de três unidades de negócio – Logística, Transportes e Navegação ­- onde se agregaram todas as empresas do Grupo. Em 2017, ocorreu a fusão das empresas de transporte numa única com denominação em inglês, a Garland Transport Solutions, e conclui-se agora com esta alteração de todas as denominações das empresas do Grupo para inglês, suportando a aposta na internacionalização”, explica Peter Dawson, Presidente do Conselho de Administração do grupo.

Share This

Partilhar este artigo