A GEFCO Portugal continua a testar energias alternativas e anunciou a conclusão bem sucedida de testes com camião movido a GNL em parceria com a transportadora TRANSNATE. O teste conduzido demonstrou uma economia de 25% das emissões de CO2, tornando-se uma alternativa valiosa face aos combustíveis tradicionais como o diesel.

Depois de ter realizado com sucesso, em 2020, com o mesmo parceiro, um teste-piloto numa rota logística que liga Mangualde, em Portugal, a Vigo, na Espanha, os resultados foram promissores: o veículo GNL percorreu cerca de 13.000 km por mês, em média 18 toneladas de mercadorias em cada viagem, reflectindo uma redução anual de cerca de 12 toneladas de emissões de CO2 em comparação com o combustível mais utilizado, o diesel.

Após aquele primeiro teste, hoje, o prestador de serviços logísticos já está a operar um fluxo doméstico semanal regular para um dos seus clientes, fornecedor de peças automóveis. A empresa está agora a alargar este serviço para torná-lo disponível para outros clientes e parceiros, como alternativa sustentável aos combustíveis tradicionais.

Jorge Possollo, director-geral da GEFCO Portugal, comentou: “Hoje todas as empresas, especialmente no sector automóvel, estão a trabalhar para a neutralidade de carbono. A GEFCO, em mãos com os seus clientes, está a trabalhar em soluções para garantir um transporte mais verde e económico”.

Actualmente, testes de camiões de GNL/GNC estão também a ser realizados em França e na Polónia para medir os custos e benefícios antes da implementação, avançou ainda a empresa em comunicado.

Share This

Partilhar este artigo