A Mercadona irá abrir o seu maior bloco logístico no Parc Sagunt, em Espanha, com um investimento de cerca de 300 milhões de euros. A abertura será gradual e iniciar-se-á em Novembro de 2021 com os serviços para perecíveis.

A cadeia espanhola de supermercados informou que, no início de Outubro, está previsto que comecem os preparativos antes do primeiro serviço às lojas, que ocorrerá no mês seguinte. “O aumento da produção será gradual e vai durar até Setembro de 2022 para produtos refrigerados e perecíveis”, notícia a imprensa espanhola do sector. Relativamente aos produtos congelados e secos, a sua abertura será efectuada numa segunda fase, aproximadamente nos anos de 2024 e 2026, respectivamente.

Para a primeira fase desta instalação foi construído um entreposto frigorífico de 74.000 metros quadrados onde, em Novembro, 30.000 metros quadrados serão colocados ao serviço para perecíveis convencionais, aguardando para iniciar em Maio de 2022 o resto da nave onde serão activadas uma câmara fria e uma sala de perecíveis automatizada.

Segundo a mesma fonte, a Mercadona tem apontado que o nível de “automatização do projecto seja acima de 75%, reduzindo esforços para o trabalhador com posições de maior qualidade, preparando automaticamente os produtos mais pesados”. Quanto à tecnologia a ser utilizada dependerá “do tipo de automatização que, em grandes linhas, vai desde a radiofrequência até às tecnologias mais vanguardistas, como robôs de picking, carros de transporte e AGV’s para a preparação automática de pedidos”.

O bloco logístico servirá as lojas das províncias de Valência, Castellón e Teruel, e pretende assumir um volume de serviço médio diário de 7.500 paletes, o equivalente a 230 camiões de entrada e o mesmo número de camiões de saída, podendo chegar em dias de pico a 10.000 paletes.

Share This

Partilhar este artigo