A Mercadona substitui as máscaras higiénicas não reutilizáveis dos seus colaboradores por novas máscaras corporativas, reutilizáveis, mais práticas, modernas e sustentáveis, que mostram o logo da empresa num dos lados.

A mudança, que começou a realizar-se de forma progressiva em finais de Maio de 2020, deverá estar implantada em toda a empresa antes do final do mês de Maio, altura em que os 95 mil colaboradores já deverão ter este novo equipamento de protecção.

Esta mudança, que implicará um investimento de mais de 5 milhões de euros, pressupõe uma melhoria nos equipamentos de protecção individual no posto de trabalho, já que estas novas máscaras são mais resistentes ao calor e à humidade, mais cómodas e ergonómicas, e protegem durante todo o período laboral. Além disso, a empresa reforça o seu compromisso com o meio ambiente, ao apostar numa máscara reutilizável até 10 vezes.

O fornecedor é a Totaler, especialista em têxteis para bebé, Cambrass, que fica responsável pela elaboração deste produto certificado pela AITEX segundo a norma espanhola UNE 0065-2020 e a europeia CWA 17553:2020. O produto caracteriza-se pela sua alta eficiência de filtração de 99% e a sua alta capacidade de respirabilidade. As máscaras são fabricadas nas instalações da empresa na localidade de Ontinyent (Valência) para os colaboradores da Mercadona em Espanha e Portugal.

Share This

Partilhar este artigo