“Pela primeira vez, qualquer pessoa, restaurante ou retalhista, pode comprar online e receber na morada pretendida, em qualquer zona de Portugal, peixe fresco directo do mar, sem passar por retalhistas, peixarias, armazenistas e distribuidores”, diz Ricardo Wallis, CEO e Founder da MercaChefe.pt, que estabeleceu uma parceria com a AlémMar e com a DPD  para levar o peixe do mar à mesa dos portugueses em 24 horas.

Como? É simples. Os compradores, sejam particulares ou empresas, registam-se no MercaChefe.pt, seleccionam os produtos desejados na “flagship store” da AlémMar, e depois de finalizada a compra procedem ao pagamento através de multibanco.

De seguida, a AlémMar, recebe a encomenda do peixe vindo dos mares da Costa de Sesimbra e transportado por traineiras e pescadores experimentados, que posteriormente o levam até à lota de Sesimbra.

A empresa, compra em lota, leva para o seu armazém que fica a 100 metros, prepara a encomenda em embalagens próprias e entrega à DPD que faz chegar o peixe até ao cliente, em Portugal Continental, em 24 horas, em qualquer ponto do país.

“Concretizámos um sonho que tínhamos há muitos anos. Levar a casa de todas as pessoas peixe acabado de pescar, sem andar aos trambolhões e em viaturas sem condições. Levei anos para encontrar uma empresa com visão. Só podia ser uma empresa de Sesimbra, vila onde passei férias em criança. Uma empresa de três jovens empresários ligados ao mar”, conta Ricardo Wallis ao canal “O Digital”.

“Com a DPD o serviço é facilitado. Já trabalhamos desde o início do MercaChefe. Sei que apostam em inovação e novos negócios. Digamos que somos um trio vencedor: MercaChefe.pt, AlémMar e DPD” afirma Ricardo Wallis.

Para a DPD, segundo Olivier Establet, CEO da empresa “esta iniciativa marca a nossa entrada no sector alimentar, na área dos frescos, no seguimento das ofertas que lançámos há algum tempo em França e em Espanha, e que aceleraram fortemente com a pandemia”. Ainda que já trabalhássemos com a MercaChefe, estamos certos da diferença que faremos nesta nova área de actuação”.

 

Share This

Partilhar este artigo