A Frutibox, empresa que realiza entregas de frutas e legumes na casa dos consumidores, em Lisboa e na Margem Sul, nasceu em tempos de pandemia e já está a ganhar pontos junto de mercearias e restaurantes.

As encomendas são recepcionadas através do site da Frutibox e as entregas ocorrem de terça a sábado, em 24 horas. O cliente pode então optar por comprar um cabaz predefinido com uma mistura de frutas e legumes, por uma quantia entre 20 a 30 euros, ou pode escolher os produtos e pagar em função do que comprar com a vantagem de usufruir do transporte grátis, caso a encomenda exceda os 25 euros.

Os fundadores, Hugo Matos, David Miranda e Vítor Hugo construíram o negócio que funciona a partir de uma base de operações no Seixal, contando ainda com a ajuda de uma equipa de motoristas para efectuar as entregas.

Antes de chegarem até aqui, Hugo Matos e David Miranda decidiram, em 2012, saír do país e deslocaram-se para Timor-Leste para abrir uma padaria tradicional portuguesa, sem referências ou conhecimentos locais. Dois anos mais tarde, passaram o negócio e após terem percorrido a Ásia foram até Singapura onde abriram uma pastelaria para fazer chegar até lá os pastéis de nata. Contudo, em 2017 regressaram a Portugal e criaram a Orix, uma empresa de transportes para mudanças e entregas porta-a-porta. Quando a pandemia se instalou pensaram no que poderia fazer falta no mercado e foi assim que nasceu a Frutibox.

Com o objectivo de atrair os primeiros clientes, os empresários disponibilizaram uma lista de 150 produtos frescos, nacionais e internacionais, e agora já está para breve a disponibilização de produtos biológicos.

Share This

Partilhar este artigo