A start-up de logística Cubyn anunciou ontem, quinta-feira que tenciona implementar o seu serviço em Portugal e em Espanha já a partir de Abril, depois de uma ronda de 35 milhões de euros liderada pela Eurazeo e pela Bpifrance Large Venture.

Esta ronda trouxe novas participações da First Bridge Venture, Fuse Venture Partners, assim como o financiamento por parte da DN Capital, 360 Capital, Fundo BPI Smart Cities e BNPP Développement. Depois deste financiamento, a empresa pretende reforçar a equipa até ao final de 2021, começando o processo de internacionalização na Península Ibérica.

Portugal e Espanha serão atendidos a partir de um armazém de 10 mil metros localizado em Madrid, que recrutará 20 pessoas para a sede e 200 para o armazém. “Portugal e Espanha, juntos, seriam um dos cinco principais mercados de e-commerce da Europa, embora ainda tenham um longo caminho a percorrer em termos de maturidade logística. Deixa-nos, assim, com muitas oportunidades para desenvolver os nossos negócios nesta região. Além disso, hoje já são países-chave nos nossos fluxos de transporte marítimo transfronteiriços”, assinala, Adrien Fernandez-Baca, cofundador e CEO da Cubyn, citado em comunicado.

No terceiro trimestre de 2019, a Cubyn fez um lançamento no sector da logística integral na área do comércio eletrónico, tendo desde então desenvolvido tecnologia para conferir mais agilidade às operações logísticas dos comerciantes, nomeadamente apps na internet, optimização avançada por meio de algoritmos e robótica ao serviço dos armazéns. Depois deste posicionamento, a empresa aumentou o Valor Bruto de Mercadorias de 30 para 250 milhões de euros em 2020.

“Vemos aqui uma grande oportunidade de criação de uma rede de logística neutra, económica e eficiente na área do comércio eletrónico. 15% do valor bruto de mercadorias transaccionadas por via de comércio electrónico a nível global vão para a logística. Ainda hoje, continua a não existir uma solução de logística eficiente e escalável para além daquelas que são oferecidas por mercados isolados. A Cubyn está a revolucionar o mercado tradicional de serviços logísticos integrais a terceiros na área do comércio electrónico, oferecendo um serviço melhor, mais rápido e internacional a um preço 30% menor”, refere Adrien Fernandez-Baca.

O responsável adianta ainda que a empresa está proporcionar aos comerciantes “não apenas fluxos de receitas adicionais, como também o nosso alcance internacional”. “Estamos actualmente a abrir novos mercados para estes comerciantes, superando de longe outras opções disponíveis em termos de custo e velocidade de entrega “, acrescenta.

A empresa, no mesmo documento, explica que os comerciantes podem “integrar o seu stock de comércio electrónico e, mediante um simples clique, aumentar as suas vendas sem terem de se preocupar com a logística, acompanhando todo o processo a partir de uma solução SaaS simples”. “Graças ao CarrierPredict, um algoritmo interno desenvolvido para determinar a operadora mais eficiente para cada envio, as encomendas são inseridas na rede da operadora mais eficiente”, justifica.

Share This

Partilhar este artigo