A unidade fabril da Brunswick em Vila Nova de Cerveira, que fabrica produtos das marcas Bayliner, Uttern e Quicksilver para o mercado europeu, irá duplicar a capacidade de produção nos próximos três anos.

Keith Yunger, president Venture Group da Brunswick, confirmou à SCM que a empresa “tem o compromisso de investir vários milhões de euros para aumentar a capacidade” da fábrica. A primeira fase, que decorreu durante os últimos 16 meses, consistiu em duplicar a capacidade de produção mantendo o actual espaço, que só foi possível “através de uma aproximação Lean Six Sigma com a utilização de princípios 5S complementados com investimento de capital em equipamentos e ferramentas adequadas” conta o responsável. Na segunda fase preveem aumentar novamente a capacidade em 30 a 35%, nos próximos 18 meses, através da expansão das instalações produtivas.

Esta aposta deve-se essencialmente ao aumento de procura pelas marcas Quicksilver e Uttern no mercado europeu, acentuado pela pandemia, pois a navegação marítima “proporciona uma segura actividade no exterior na qual as famílias podem explorar a natureza e manter o distanciamento social”, refere Keith Yunger.

Além disso, esta expansão de capacidade para fazer face à procura de mercado também “nos proporciona um aumento significativo do volume, que permite maximizar os nossos fluxos de entrada de material, assim como o fluxo de saída para entrega de barcos”, explica-nos o director. A exportação de barcos é realizada por via terrestre para a Europa Central e do Sul, enquanto que os que se destinam à Escandinávia seguem por via marítima.

 

Share This

Partilhar este artigo