O Grupo Pinto Basto fez recentemente um transporte de nove Parafusos de Arquimedes longos, com dimensões de 15,5 x 1,5 x 1,7 metros, pesando cada um seis toneladas, juntamente com os seus acessórios que, foram transportados em contentores (2 x 40’HC e 1 x 20 DC) entre a República Checa e o Senegal, numa parceria com a Zoom Cargo.

O transporte começou por ser terrestre, entre a República Checa e o POL, tendo sido percorridos 1.250 quilómetros ao longo de três dias, e daí partiu para Dakar, no Senegal, tendo demorado 14 dias a chegar ao destino final.

A equipa responsável pelo projecto foi a Pinto Basto Gest – Departamento de Operações Especiais, coordenada pelo director geral da área de operações especiais do Grupo Pinto Basto, António Barreto, segundo nos revelou Frederico Goarmon, managing director da Pinto Basto.

Para o transporte foi necessário coordenar a saída de nove camiões que, por envolverem um transporte especial, necessitaram de licenças adicionais para circular na estrada. “Trata-se uma quantidade significativa de camiões, que saíram praticamente ao mesmo tempo, mas que tiveram de adequar a data de saída aos dois dias antes do navio”, explica o responsável, acrescentando que foi necessário existir uma coordenação entre a chegada dos camiões e o porto, pois tratava-se de uma carga que ocupava bastante espaço e não poderia ser armazenada durante muito tempo enquanto aguardavam pelo navio, “para recepcionar a carga e colocá-la em cima de um roll-trailer dois dias antes do navio”, acrescenta.

De acordo com Frederico Goarmon, foi necessária uma “gestão atempada e cuidada de possível risco de atraso e/ou omissão da escala do navio, de forma a evitar armazenagem portuária e/ou paralisações de camiões”, e como tal, foi elaborado “um SOP, step by step, distribuído por todas as partes envolvidas e com alguns cenários possíveis e identificação dos pontos críticos do transporte e deadlines respectivos”.

“Correu tudo muito bem, devido à atenção e cuidado permanente da equipa Pinto Basto, em perfeita coordenação e sintonia com os parceiros e agentes locais de longa data, que responderam com um enorme brio e profissionalismo às exigências da Pinto Basto para com os embarques dos seus clientes”, conclui o responsável.

Share This

Partilhar este artigo