A Moderna e a Kuehne+Nagel, empresa de logística anunciaram no final da semana passada um acordo para a distribuição e armazenamento da vacina contra a COVID-19. O anúncio surge após a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) ter dado luz verde à concessão de autorização comercial condicional da vacina desta entidade.

Com este anúncio, a Kuehne+Nagel irá apoiar a distribuição mundial de doses de vacinas da cadeia de abastecimento internacional da Moderna, sediada na Europa, para os mercados da Ásia, Médio Oriente e África, parte das Américas do Norte e do Sul, e para o próprio mercado europeu.

“Estamos orgulhosos da parceria com a Kuehne+Nagel da Europa para dar suporte à distribuição de vacinas para os cidadãos do mundo. Seguindo as recentes aprovações, este é mais um passo em direcção à solução da pandemia e uma altura entusiasmante para as nossas empresas e todos os envolvidos”, comenta Dan Staner, vice-president head of EMEA region da Moderna, Inc.

Esta parceria envolve ainda o armazenamento das doses de vacina, para além da sua distribuição, sendo estas guardadas no hub farmacêutico da empresa na Europa. A Kuehne+Nagel irá utilizar a sua rede de mais de 230 operações pelo mundo para distribuir a vacina por vias rodoviária e aérea. Apenas na Europa, a empresa conta com uma frota própria de 200 veículos dedicados ao transporte farmacêutico, e irá ainda garantir que a temperatura de conservação das vacinas de -20ºC irá ser mantida.

Robert Coyle, senior vice-president, Pharma & Healthcare, Kuehne + Nagel Management AG, comenta que “com o anúncio de hoje, assumimos a responsabilidade de distribuir as vacinas para a COVID-19 da Moderna pelo mundo. Temos investido na nossa rede pharma & healthcare e na nossa equipa de especialistas por décadas – estamos agora prontos, quando é mais necessário”.

A subsidiária de ensaios clínicos da Kuehne+Nagel, QuickSTAT, também foi parte integrante da cadeia de abastecimento da Moderna, tendo dado apoio nas fases II e III dos ensaios nos Estados Unidos. A empresa também estabeleceu parcerias com autoridades em diversos países para armazenamento local e distribuição de last-mile, como é o caso do Estado mais populoso da Alemanha, North Rhine-Westphalia.

Share This

Partilhar este artigo