A empresa REDOR, do grupo MANUSA, líder mundial no mercado de portas automáticas, investiu num armazém automático da VRC para albergar peças de pequena dimensão.

O armazém inteligente, com cinco metros de altura e um footprint de aproximadamente 4 m2, vai acondicionar e gerir o stock de parafusaria e peças de fixação necessárias à produção das portas automáticas.

À prova de desgaste, em aço inox, o balcão de trabalho do armazém automático, incluiu 19 indicadores de posição, que assinalam nas posições de picking a profundidade de retirada do item solicitado, diminuindo drasticamente os erros e os tempos de preparação do material.

Evitando deslocações dos operários entre as estantes do armazém e mantendo um controlo de stock em tempo real, a espanhola REDOR traduz este investimento num aumento de produtividade e numa maior eficiência no seu fluxo diário de produção.

Com mais de 50 anos de experiência, e presentes em mais de 90 países, o grupo MANUSA, junta-se ao leque de clientes que utilizam diariamente na sua logística os armazéns automáticos da VRC como a FERMATOR, THYSSENKRUPP ou a SCHINDLER.

 

Share This

Partilhar este artigo