A Rangel Logistics Solutions foi seleccionada pelo Governo como um dos parceiros no transporte da vacina da COVID-19. A operação iniciou-se este sábado, dia 26 de Dezembro, e ficou a cargo da Rangel Pharma, unidade do grupo, com mais de 10 anos de experiência no transporte e armazenamento de medicamentos.

“Estamos muito honrados e orgulhosos por fazer parte deste momento histórico, toda a equipa da Rangel está completamente envolvida e entusiasmada com esta iniciativa. Estamos a contribuir com a nossa estrutura e conhecimento, para ajudar a erradicar esta pandemia de Portugal e do mundo, é uma missão para salvar vidas“, afirma Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions, em comunicado.

Operador logístico licenciado pelo Infarmed, a unidade Pharma da Rangel, expediu em 2019 mais de 112 milhões de unidades de medicamentos, e entregou mais de 460 mil encomendas ao cliente final, incluindo entregas de produtos farmacêuticos que carecem de temperaturas específicas de conservação.

Desde que o tema “vacina” surgiu como solução para a actual pandemia,  e sendo a logística um fator-chave de sucesso, o operador logístico iniciou de imediato um processo interno de alinhamento de equipas e processos. Em termos operacionais, do lado da Rangel estavam garantidas todas as condições para que esta fosse uma operação bem sucedida, ficando apenas a aguardar a aprovação da mesma, o que veio a acontecer.

Na operação de sábado, assegurou-se com sucesso, o transporte capilar, onde se recolheram as vacinas no centro definido pelo Governo, em Coimbra, e se entregaram nos maiores hospitais de Lisboa.

Foram utilizados veículos específicos para o transporte de medicamentos, com temperatura interior controlada e nos quais está incorporada uma tecnologia da Rangel que permite uma monitorização da mesma.

“Temos o compromisso de entregar o que é importante pelo tempo que for necessário”, conclui Nuno Rangel.

Share This

Partilhar este artigo