Os aviões adaptados para transporte de mercadorias da TAP Air Cargo já estão identificados com esse nome, segundo o Expresso.

No Airbus A330-200, agora readaptado, a companhia portuguesa procedeu à remodelação de todo o seu interior, adaptando-o com a remoção de assentos para permitir uma maior capacidade de transporte de carga. Esta transformação surge na mesma altura em que se discute a reestruturação da empresa.

Durante o confinamento, a TAP chegou a adaptar dois aviões de passageiros para transporte de carga, que movimentaram sobretudo material médico, a maior parte vindo da China.

As primeiras imagens do novo design da transportadora surgem numa altura em que toda a logística em volta do transporte de vacinas contra a COVID-19 começa a ganhar forma à escala global, um processo que se irá intensificar ao longo dos próximos meses.

Share This

Partilhar este artigo