A Henkel inaugurou o seu mais recente centro logístico automatizado de última geração, que servirá de hub logístico para o Sul da Europa. A sua construção iniciou-se em 2019, em Barcelona, e teve um investimento de 22 milhões de euros, resultando num espaço de 24.000 metros quadrados para gerir mais de 500 produtos diferentes, sendo que a empresa gere marcas como a Persil, Vernel e Sonasol.

Em termos de armazenagem, o seu espaço é dividido em três zonas, dedicadas a tarefas logísticas específicas:

  1. Uma totalmente automatizada, com capacidade para 21.000 paletes;
  2. Uma convencional com capacidade para 14.000 paletes, permitindo gerir mais de 1 milhão de paletes por ano;
  3. Zona destinada ao Picking e Co-packing, para responder às necessidades de soluções personalizadas por parte dos clientes, com capacidade para movimentar mais de 7 milhões de produtos por ano.

Este novo centro logístico representa ainda um salto qualitativo em termos de sustentabilidade, um dos pilares estratégicos da empresa, e Carlos Ribas, Head of Supply Operations Cluster Western Europe, explica que “ao construir um novo centro, na Henkel integramos os nossos objectivos relacionados com a eficiência e as energias renováveis já na fase de projecto. Isto está de acordo com o nosso propósito de nos tornarmos uma empresa positiva para o clima até 2040, reduzindo as emissões de CO2 para ajudar a limitar o aquecimento global. Assim, no novo armazém, fizemos um esforço significativo para reduzir a pegada de carbono em 90% e melhorar a sustentabilidade”.

Share This

Partilhar este artigo