A Mastercard anunciou um acordo de colaboração com a empresa de gestão de cadeias de abastecimento para agricultores e fornecedores para o uso de tecnologia blockchain, de forma a garantir visibilidade e rastreabilidade em todas as fases da supply chain.

A Mastercard Provenance Solution, tecnologia blockchain proprietária e agnóstica da empresa, vai permitir , à GrainChain “criar registos digitais seguros e dados específicos sobre 24 commodities, como café, milho e stocks de grãos na América Latina e América do Norte e ao longo da cadeia de abastecimento”, explica a Mastercard num comunicado.

A solução oferece a visibilidade de ponta à ponta da cadeia de abastecimento, permitindo aos vários intervenientes ao longo da mesma “rastrear mercadorias, desde as entradas iniciais de matérias-primas até à colheita, do processamento à logística até à entrega ao consumidor”. Isto permite que marcas e produtores “protejam os consumidores e façam a gestão da reputação da sua marca, enquanto aumentam a eficiência comercial e os resultados financeiros”.

Como resultado desta parceria com a Mastercard, a GrainChain planeia expandir as suas operações na América Latina.
Deborah Barta, vice-presidente sénior de inovação e startups da Mastercard, explica as vantagens da tecnologia e da parceria: “Com a solução Mastercard Provenance, estamos focados em ajudar os vários intervenientes a beneficiarem de dados fiáveis, o que traz eficiência em todas as cadeias de abastecimento, ajudando a proteger os consumidores. Com esta primeira parceria na América Central, a colaboração com a GrainChain demonstra a nossa capacidade de escalar globalmente e transformar cadeias de abastecimento em novos sectores”.

De salientar que a Mastercard tem o terceiro maior número de patentes e pedidos de patentes de blockchain que abrangem todo o ecossistema de negócios e onde se inclui a Mastercard Provenance.

Share This

Partilhar este artigo