A Mango, no seu compromisso com a transparência e a sustentabilidade, divulgou a lista das fábricas de produção de primeiro nível da sua cadeia global de abastecimento. Em comunicado, a marca adianta que é “a primeira grande empresa do sector da moda em Espanha a fazê-lo”.

Paralelamente, a Mango disponibiliza informações sobre as fábricas nas quais teve produção em 2020 e respeita os requisitos do “Transparency Pledge Standard” – uma iniciativa lançada por uma aliança de nove organizações de trabalhadores e de direitos humanos que defendem a transparência nas cadeias de abastecimento do sector da confecção e do calçado.

A divulgação da lista decorre no âmbito do acordo bilateral entre a Mango e as “Comisiones Obreras da Indústria”, que foi assinado em 2018.

Em comunicado, a empresa afirma que “esta é uma ferramenta poderosa para fortalecer os direitos das pessoas que trabalham no fabrico dos seus produtos, para além de promover a responsabilidade nas cadeias de abastecimento globais do sector da moda”.

“A Mango e as Comisiones Obreras da Indústria irão continuar a trabalhar em forma de aliança para fortalecer a devida diligência em matéria de direitos humanos na sua cadeia de abastecimento e, assim, contribuir para o desenvolvimento de uma indústria têxtil mais sustentável”, conclui a marca.

 

Share This

Partilhar este artigo