Os CTT – Correios de Portugal anunciaram várias medidas de investimento para os próximos tempos. Ao nível do online, a empresa explica que estão a desenvolver extensões de software para algumas das maiores plataformas de comércio online como a Amazon, Shopify, Magento e Prestashop.

Espera-se que este software esteja pronto até ao final do ano, permitindo assim a integração directa com as plataformas de comércio electrónico e tendo como objectivo que os vendedores portugueses que utilizem as plataformas possam ter as ferramentas de logística dos CTT integradas directamente no backoffice das plataformas.

Em declarações à Exame Informática, Pedro Faraústo, responsável pela gestão de produtos expresso, carga e logística, comenta que “estamos a desenvolver esses conectores. Até ao final deste ano vamos ter uma série de conectores e plugins desenvolvidos para integração em sites”.

Outra grande aposta da empresa é a expansão da rede de cacifos electrónicos nos próximos meses. Até à data, os CTT já contam com 25 pontos de entrega nestes cacifos, que só desbloqueiam através da introdução de um código enviado directamente para o cliente detentor da encomenda.

A ideia para a expansão desta rede de cacifos electrónicos públicos, geridos pelos CTT, passa pela criação de parcerias com superfícies comerciais, e quer ainda explorar os cacifos empresariais, contratados por empresas ou parques industriais.

Através da expansão da rede de cacifos electrónicos, os CTT vão poder expandir o conceito de moradas virtuais, o que permite ao comprador fazer compras online sem revelar a sua morada real, ao mesmo tempo que responde a um problema recorrente da entrega de última milha, a disponibilidade para a entrega.

Share This

Partilhar este artigo