A pandemia Covid-19 criou necessidades de segurança para pessoas e equipamentos nas empresas. A Equimodal, especializada no projecto e fabrico de soluções de contentores de transporte, adicionou ao seu portefólio uma nova solução denominada ‘one safe step container’ que consiste num túnel de desinfecção num contentor que incorpora as medidas de segurança. Segundo a empresa, a solução é oferecida em contentores de 20 pés, 10 pés, ou os chamados ‘tricon’ que são um terço de um de 20 pés, e 1,9 metros de comprimento.

A solução incorpora três aplicações. A primeira é para as pessoas, que devem seguir um processo de três etapas: desinfecção das mãos, bem como do calçado e da roupa, e medição de temperatura. Não se pode inserir pacotes ou mensagens antes de passar para a segunda aplicação, que é uma área para a desinfecção destes antes de entrar nas instalações. A terceira solução permite a desinfecção por ozono de vestiários, áreas comuns e veículos.

A área de segurança destinada às equipas ou materiais, segundo a Equimodal, consiste em dois módulos: um para desinfectar pacotes antes de manuseá-los usando um tubo de ar com ozono, e o segundo utiliza o mesmo tubo para desinfectar ferramentas. Para espaços fechados, a solução da empresa permite desinfectar com água pressurizada e ozono veículos, vestiários e áreas comuns.

Quanto às principais vantagens do novo sistema, a Equimodal indica a sua abrangência, pois reúne pessoas, objectos e superfícies. Além disso, é configurável, uma vez que permite escolher as três aplicações ou uma apenas, e é escalável, visto que foi projectado para incorporar um sistema simples de controlo de temperatura ou incorporar o sistema de acesso ao local de trabalho.

A empresa já desenvolveu um túnel protótipo que incorpora todas as funcionalidades e está operacional nas suas instalações para uso dos trabalhadores e de quem se aproximar do local.

María Domínguez, Directora Executiva da Equimodal, destaca que nesta fase de desconfinamento é “uma solução integral que fornece medidas de segurança e tranquilidade nos acessos aos centros de trabalho”.

Share This

Partilhar este artigo