Há cerca de um ano o Continente anunciou que esperava atingir as 2,2 mil toneladas de plástico virgem poupadas por ano, uma aposta na sustentabilidade do Grupo Sonae MC inserida na “Estratégia para o Uso Responsável de Plásticos”, mas este número aumentou drasticamente, e hoje o valor é quase o dobro do esperado: 4,2 mil toneladas por ano, 90% mais do que a estimativa inicial.

“Além das toneladas de plástico virgem eliminadas (entre eliminação de plástico considerado desnecessário e substituição de material virgem por reciclado), a marca substituiu ainda 50 toneladas de plástico com baixa reciclabilidade (como o PVC) por outros materiais mais fáceis de reciclar (como o PET) dos seus produtos”, explica a empresa em comunicado.

Um dos exemplos onde pouparam plástico foi no transporte das bananas da Madeira, que anteriormente vinham em sacos de plástico e agora, desde o final de Janeiro, os cachos são unidos por uma cinta elástica, um pequeno gesto que permite à empresa poupar 11 toneladas de plástico virgem por ano.

No mesmo sentido, a retalhista também decidiu promover a utilização de um saco de padaria 100% reciclável que têm à venda em loja, “o primeiro e único saco de papel, entre os operadores de retalho alimentar em Portugal, com uma ‘janela’ (que permite ver o conteúdo do saco) totalmente reciclável (em material celulósico)”, segundo a empresa, que lhe irá permitir poupar 94 toneladas de plástico. O seu uso é promovido através de um desconto em cartão no valor de 10% das compras feitas na padaria.

Este ano também lançaram um novo saco de peixaria, com o objectivo de desenvolver o conceito de saco de papel 100% reciclável, revestido no interior por uma fina camada de plástico (polietileno) que impede o derrame de líquidos, reduzindo em mais de 40% a utilização de plástico nestes sacos e poupando 70 toneladas de plástico virgem. “A vantagem destes sacos é que após a utilização, o cliente conseguirá separar facilmente os dois materiais, destacando na traseira do saco a zona assinalada”, lê-se ainda no comunicado.

Pedro Lago, director de projectos de sustentabilidade da Sonae MC, comenta que “o Continente, enquanto retalhista líder no mercado, tem um papel fundamental na promoção da utilização responsável do plástico, contribuindo para reduzir a quantidade de plástico nas embalagens dos produtos de marca própria e influenciando fornecedores, colaboradores e clientes para que tenham um papel activo neste trabalho que é responsabilidade de todos”.

Share This

Partilhar este artigo