O cenário que o mundo enfrenta é um desafio para o sector de procurement de muitas empresas. Quando existem fornecedores em layoff, que tiveram de fechar ou até com quebras de produção e que não conseguem responder às necessidades de todas as empresas, é necessário procurar fornecedores alternativos que consigam responder a esta procura.

A Vortal procurou responder a esta necessidade de acelerar os processos de compra e a sua eficiência, e para tal focou-se em três áreas dedicadas à dinamização da economia e do tecido empresarial português, bem como ao apoio social às entidades que mais necessitam.

Ainda no início da pandemia, a Vortal começou a desenvolver uma base de dados com diversos fornecedores de diferentes áreas de actuação. O “Supplier Scouting” foi um processo global em que diversos fornecedores foram contactados em massa diversos fornecedores para as diversas áreas mais necessitadas. Como exemplo de resultado, a empresa destaca que conseguiram encontrar cerca de 20 fornecedores de ventiladores e de equipamento de consumo médico com capacidade de resposta e disponibilidade de material para cerca de 10 entidades na área da saúde.

Outro dos focos foi a “Consulta Simples”, uma ferramenta disponibilizada gratuitamente que permite a todas as empresas fazerem as suas compras numa rede mais alargada de fornecedores, com maior capacidade de resposta às suas necessidades. O suporte e o acompanhamento ao uso deste serviço também são gratuitos, colocando a empresa o seu know-how à disposição dos seus clientes, bem como uma comunidade alargada de fornecedores que podem encontrar na plataforma, como forma de assegurar a continuidade do negócio de todos.

A Vortal explica ainda que para as empresas terem acesso à plataforma apenas precisam de entrar em contacto com a empresa e fazer o pedido.

Por fim, o terceiro foco da empresa é uma iniciativa de solidariedade, a “Vortal Cares!”. “A realidade actual também impacta entidades sem capacidade de compra”, explica a empresa, e como tal, foi desenvolvida uma iniciativa solidária destinada a ajudar as entidades públicas e de cariz social.

Sob o mote “ligados transformamos a nossa realidade”, este projecto tem como finalidade apoiar algumas entidades e instituições públicas com serviços ou artigos em falta. Os fornecedores dispostos a fazer doações poderão agora fazê-lo, entrando em contacto com a Vortal para o efeito. A tecnológica também destaca já ter dado o primeiro passo, através da doação de almofadas, oxímetros e termómetros à União Distrital das IPSS de Braga (104 sub-entidades) e à Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar (8 sub-entidades).

Share This

Partilhar este artigo