A DB Schenker transportou, recentemente, os ossos de um dinossauro que se estima tenha uma idade superior a 150 milhões de anos, da Suíça para a Holanda.

Uma vez reconstruído, o esqueleto terá um comprimento de 16 metros e uma altura de sete a oito metros. As milhares de peças serão escavadas e montadas num laboratório de preparação acessível ao público, para exibir o diplodocos ‘Aurora’ em tamanho real.

“Estamos orgulhosos de fornecer know-how logístico para este projecto de investigação e ajudar a tornar possível que as pessoas vejam em breve este impressionante dinossauro no museu. A exposição à luz solar e a vibração podem danificar os fósseis frágeis, pelo que a viagem de camião foi realizada com os respectivos cuidados especiais”, afirma Nicole Biesheuvel, Vice-Presidente da área de feiras, eventos e logística especial da DB Schenker.

Por sua vez, Jonathan Wallaard, Curador de Oertijdmuseum Boxtel, na Holanda, refere que os ossos são muito mais antigos do que maioria das descobertas, e por isso, “escolhemos a DB Schenker, uma vez que precisávamos de um especialista em logística que garantisse cuidados especiais durante o transporte”.

Nicole Biesheuvel acrescenta que “é disso que se trata uma logística especial: seja uma fábrica inteira que tem de ser movida, seja equipamento especializado para projectos de investigação aerospacial ou um precioso artefacto museológico – a DB Schenker assegura o transporte personalizado”.

Share This

Partilhar este artigo