A União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU) concedeu o Diploma de Honra IRU a sete motoristas da Luís Simões. Estas distinções são anualmente atribuídas aos melhores motoristas dedicados ao transporte rodoviário nacional ou internacional, e têm por base o cumprimento de determinados critérios de boas práticas.

Para poderem ser distinguidos, os motoristas podem ser colaboradores ou proprietários-operadores e devem cumprir todas as condições estabelecidas no regulamento para condutores sobre o transporte rodoviário de passageiros ou mercadorias, sendo feita uma análise ao perfil profissional dos condutores por parte da entidade organizadora. É necessário cumprir critérios como:

  • Trabalharem no sector há pelo menos 20 anos, sem interrupção, com o agrado da sua entidade empregadora;
  • Colaborarem com a mesma empresa de transporte durante pelo menos cinco anos;
  • Terem feito pelo menos um milhão de quilómetros, como motoristas profissionais, em transporte nacional ou internacional;
  • Não terem causado qualquer acidente grave (que acarretasse lesões corporais) de tráfego rodoviário nos últimos 20 anos;
  • Não terem infringido gravemente as normas rodoviárias, aduaneiras ou administrativas do seu e de outros países nos últimos cinco anos.

Este ano, a IRU entregou um total de 1.400 Diplomas de Honra, 1.279 dos quais a motoristas de mercadorias. Na União Europeia foram atribuídas 915 distinções, e 39 das quais na Península Ibérica (25 em Espanha e 14 em Portugal).

Por parte do operador logístico, a Luís Simões reconheceu o feito dos seus colaboradores num evento realizado nas suas instalações no Carregado, como forma de agradecer pelo desempenho destes motoristas, bem como o seu compromisso com os valores corporativos da empresa.

Share This

Partilhar este artigo