A empresa do sector têxtil Givachoice está a investir um milhão de euros nas suas instalações de Paços de Ferreira para ampliar o seu armazém e centro de corte em 2021. O investimento irá aumentar o espaço em 1.800 m2, em três pisos, acrescentando aos actuais 3.000 m2 já disponíveis.

Ricardo Almeida, director financeiro da Givachoice, comenta ao jornal T que “temos urgentemente de crescer, de ampliar as nossas instalações, e em qualquer projecto há sempre um passo a seguir”, resultado do crescimento de 13% registado em 2019.

Segundo explica o responsável, queriam já ter o investimento pronto ao nível do corte, mas avança que o espaço que têm disponível já não é suficiente e têm de avançar para novas instalações, onde irão focar-se na expedição e controlo, transporte entre sectores e na instalação da nova máquina de corte.

O director financeiro explica que a prioridade é optimizar os processos, e que têm como objectivo manter a competitividade através da inovação e de recursos humanos qualificados, o que também se torna um desafio. Conceição Barbosa, fundadora e directora de produção da Givachoice, revela que “a confecção é uma arte, e formar uma costureira, por exemplo, demora dois, três anos, até atingir um momento de elevada perfeição técnica”, e que procuram manter os custos operacionais através da inovação de equipamentos.

Share This

Partilhar este artigo