O Grupo DPD encomendou 300 furgões 100% eléctricos à Nissan, do modelo e-NV200, destinados às suas operações no Reino Unido, como forma de apostar nas emissões zero. O grupo já contava com 91 veículos deste modelo entre a sua frota de 150 automóveis eléctricos, número que irá agora triplicar através deste investimento.

Até ao final do ano, a empresa pretende tornar 10% da sua frota totalmente eléctrica, ambicionando ser o serviço de entrega urbana mais responsável e líder na utilização de veículos eléctricos no Reino Unido.

A aposta neste modelo passa pela sua autonomia de 301km em ciclo urbano, de acordo com o novo processo de homologação WLTP, conseguida através da sua bateria de 40kWh. Para além disso, o design compacto da bateria permite-lhe transportar facilmente duas euro-paletes com até 701kg.

Para além disso, por serem 100% eléctricos e terem uma reduzida emissão de ruído facilitam a vida urbana e podem aceder às actuais e futuras Zonas de Emissões Zero e Reduzidas dentro das áreas urbanas.

Como forma de garantir que os veículos estão a ser utilizados de forma eficiente, os veículos contam com um sistema de navegação actualizado, conectividade Bluetooth e telemática avançada incluído no seu sistema de infotenimento NissanConnect, ajudando assim os condutores e os gestores de frotas a garantirem que os automóveis estão a ser eficientemente utilizados.

Soufiane El Khomri, director-geral de Veículos Comerciais Ligeiros da Nissan Europe, comenta que “o nosso furgão e-NV200 exemplifica o compromisso da Nissan em construir uma sociedade mais sustentável. O apoio à DPD rumo a entregas isentas de carbono com o Nissan e-NV200 marca um passo significativo na conquista dos nossos objectivos”.

O responsável acrescenta ainda que “a transição para frotas com emissões zero é um caminho fundamental para os negócios optimizarem a eficiência das operações diárias e reafirmarem o seu compromisso com práticas sustentáveis, que são agora mais cruciais do que nunca. Esperamos alargar o impacto positivo do Nissan e-NV200, encorajando mais negócios a encararem os automóveis eléctricos como uma solução de mobilidade sustentável, eficiente e prática”.

Por parte da DPD, o CEO Dwain McDonald referiu que “Este é um dia verdadeiramente histórico na mudança para um futuro mais sustentável na indústria de entregas. Estes veículos estão a mudar a nossa maneira de trabalhar. Não se trata apenas de os ligar à tomada e dizer ‘trabalho feito’. Estamos a repensar e a conceber novamente a forma como entregamos encomendas, agora e no futuro, com redes diferentes de rotas e novos tipos de armazéns. Trata-se de uma revolução muito abrangente da nossa indústria e os veículos eléctricos e isentos de emissões encontram-se no coração dessa visão”.

Este veículo já tem sido um sucesso de vendas por toda a Europa, atingindo já as 30.000 unidades vendidas.

Share This

Partilhar este artigo