Recentemente, os investimentos do KuantoKusta levaram-no a saltar do primeiro comparador de preços português para um novo Marketplace, integrado nesse modelo, mudaram-se para as novas instalações em Vila do Conde, e agora anunciam a sua expansão para a Europa no segundo semestre do ano, em entrevista ao Dinheiro Vivo, e o seu CEO, Paulo Pimenta, avançou que o lançamento nestes mercados se destina, primeiramente, aos emigrantes nacionais.

Contactados pela Supply Chain Magazine, Paulo Pimenta, destaca a importância que esta notícia tem, não só para os consumidores internacionais, mas também para as lojas portuguesas que procuram chegar a um maior target: “O KuantoKusta é um dos players mais influentes do e-commerce em Portugal. Ao integrar os seus produtos na nossa plataforma estão não só a desbloquear um novo canal de vendas, com tráfego altamente qualificado e alta taxa de conversão, como também uma exposição a milhões de utilizadores”.

Para além disso, o CEO também acrescenta que “outras das vantagens da parceria com o KuantoKusta é a credibilidade da marca no mercado e o suporte de uma equipa dedicada“, obtendo assim uma ajuda por parte do marketplace na internacionalização.

Nesta primeira fase, Paulo Pimenta avança que irão colocar à disposição os mesmos produtos a que os clientes portugueses têm acesso e apenas fazer traduções, nomeadamente para inglês, francês, alemão, espanhol e italiano.

Questionado sobre como funcionará o transporte para os outros países, o CEO comenta que “são as próprias lojas a escolher os seus parceiros de logística”, mas que “tanto os utilizadores como as próprias lojas contam com a nossa ajuda na resolução de problemas”.

As previsões do KuantoKusta são de que até 2021 o mercado externo represente 5% do seu volume de facturação, que espera atingir os quatro milhões de euros ainda este ano, procurando ainda atingir os 50 milhões de visitas e as mil lojas activas.

Share This

Partilhar este artigo