Três anos após a criação do Loures Inova, já se registaram 50 novas startups, algumas tornaram-se independentes em poucos meses e outras estão em fase de integração no mercado nos sectores do agroalimentar e logística.

Um dos objectivos deste projecto passava por motivar os empreendedores a tornar realidade as suas ideias, sem medo de falhar. Acreditando neste conceito, António Pombinho, um dos parceiros do Loures Inova, refere que “temos capacidade empreendedora, nós portugueses somos muito bons nisso”.

Para que o Loures Inova possa contribuir para o arranque de novas empresas ou projectos de inovação para empresas que já existem, não é apenas necessário o apoio dos parceiros Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL) e a Faculdade de Ciências e Tecnologia de Lisboa.

António Pombinho explica que este projecto “enquanto representante do ecossistema de inovação de Loures, seja participado por todas as empresas do tecido económico do concelho que queiram participar, por um conjunto alargado de universidades e contamos com a colaboração de diversas entidades da administração pública, IAPMEI, AICEP e Agência Nacional de Inovação”. Acrescenta ainda que dão maior importância a ideias inovadoras que possam surgir de qualquer pessoa, e fazer com que tenham as melhores condições para chegar ao mercado.

Procurado maioritariamente por jovens, o Loures Inova contribui para ajudar a simplificar o processo de criar uma empresa e de a tornar viável e com possibilidades de sucesso “aqui encontram a possibilidade de ter um conjunto de informação qualificada e adaptada ao seu caso, que passa, por exemplo, por questões de ordem formal e legal, que têm de ser tidas em conta através do contacto do parceiro que melhor esteja em condições de desenvolver o seu projecto”, salienta o parceiro do projecto.

O Loures Inova dispõe ainda de espaços de incubação física no MARL, e virtual. A mentoria é um factor que António Pombinho atribui uma especial importância, considerando “diferenciador” ter empresários, académicos e profissionais qualificados a acompanhar os projectos.

Share This

Partilhar este artigo