A produtora nacional de laranja do Algarve, a Frusoal, está a apostar na internacionalização, encontrando-se em vias de exportar a laranja biológica ‘Biogomo’ para mercados na Escandinávia, já em 2020.

De acordo com o comunicado lançado pela empresa, a primeira abordagem ao mercado já foi feita, tendo participado na maior feira de produtos biológicos da região, a Nordic Organic Food, que decorreu em Malmo, na Suécia.

Pedro Madeira, sócio-gerente da Frusoal, afirma que “o mercado está desperto para novos fornecedores e recebemos muitos contactos de pessoas interessadas. A nossa vocação sempre foi o de fornecer fruta da forma tradicional e o nosso produto é uma novidade em termos de sabor, face à concorrência”.

A produção de arranque estimada para o ano é de 200 toneladas, e chegará ao consumidor entre Janeiro e Março.

Esta aposta está integrada no plano estratégico da empresa de expansão das suas vendas para o exterior, sendo que de uma produção global anual de cerca de 35 milhões de quilos de laranja, é exportado 20% desse valor.

“O objectivo global da organização de produtos é aumentar em mais de 40% o volume de laranja comercializada fora de Portugal”, refere a empresa.

Share This

Partilhar este artigo