Ao longo do mês de Novembro a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM Tâmega e Sousa) promoveu uma acção de capacitação designada “Critérios de Circularidade nas Compras Públicas”, que envolveu quatro campanhas de sensibilização para a ecologia e a sustentabilidade nas compras públicas, tendo como objectivos envolver e sensibilizar actuais e potenciais fornecedores de entidades públicas para o processo de compras sustentáveis.

Ao mesmo tempo, esta acção também tinha como objectivo a capacitação em matéria dos critérios de circularidade impostos nos cadernos de encargos dos procedimentos de contratação pública para a aquisição de bens, serviços e empreitadas de obras públicas.

As quatro campanhas foram dinamizadas gratuitamente, sob inscrição prévia, e decorreram em quatro municípios, nomeadamente Penafiel (dia 13 de Novembro), Felgueiras (dia 15 de Novembro), Celorico de Basto (dia 18 de Novembro) e Resende (dia 20 de Novembro), e estavam inseridas no programa Tâmega e Sousa CIRCULAr, que pretende sensibilizar e incentivar as autarquias locais, empresas municipais e entidades intermunicipais, para a promoção da economia circular.

A CIM do Tâmega e Sousa desenvolveu ainda um manual para orientar e fomentar a crescente adopção de termos de referência, clausulado técnico e critérios de adjudicação por parte das entidades públicas, chamado “Economia circular nas compras públicas”, e que se encontra disponível para consulta no website da CIM do Tâmega e Sousa.

Share This

Partilhar este artigo