O Grupo José de Mello detém uma frota com mais de 1.650 viaturas, com uma renovação média anual de cerca de 400 veículos.

Tendo em conta as vantagens de uma negociação centralizada como um dos critérios para obter economias de escala, tanto no momento da aquisição de viaturas e serviços, como no apoio à gestão do parque automóvel de uma empresa, a Fleet Magazine explica como isto é feito pela MDados, a empresa que gere o fornecimento e a aquisição de bens e serviços do Grupo José de Mello.

Pedro Heleno Ribeiro, Director-Geral da MDados explica que a colaboração e partilha de conhecimento, de experiências e das melhores práticas entre as empresas do grupo são muito importantes para alcançarem os objectivos de negócio que pretendem.

Refere ainda que a abordagem à electrificação do parque automóvel deve ser feita com ponderação e racionalidade, tendo em consideração o potencial económico gerado pela Fiscalidade Verde, mas também as exigências de operacionalidade colocadas por determinados tipos de utilização.

No entanto, a electrificação dos automóveis permanece implacável, pois os construtores são pressionados pelas exigências das autoridades europeias no que diz respeito a matéria de emissões e pelos critérios mais rigorosos de apuramento de emissões.

É também por essa razão que o mercado automóvel está em mudança, comercializando menos unidades, em parte porque os consumidores vivem num momento de indecisão, mas mais carros eléctricos, pois existe uma maior oferta e mais diversificada.

Share This

Partilhar este artigo