A empresa alemã Aquila Capital deu entrada no mercado imobiliário português com a compra de 115.000 metros quadrados na Azambuja, com o objectivo de desenvolver propriedades logísticas verdes. A empresa avança que a construção deverá arrancar no início de 2020.

De acordo com a estratégia da Hamburg Investment Management, todas as propriedades serão activos imobiliários sustentáveis, com certificados de construção BREEAM e painéis fotovoltaicos em todos os telhados. Está ainda prevista a neutralização de todas as emissões de CO2 das operações em curso.

“Portugal é um mercado altamente atractivo para investidores institucionais que procuram centros logísticos estabelecidos na zona euro com potencial ascendente significativo. Dada a excelente infra-estrutura de Lisboa e o seu estatuto como ponto de acesso às importações internacionais na Península Ibérica e na Europa como um todo, não é de admirar que a procura de grandes espaços logísticos contíguos e modernos exceda significativamente a oferta”, afirma Rolf Zarnekow, Head of Real Estate da Aquila Capital.

Roman Rosslenbroich, Co-Fundador e CEO da Aquila Capital, acrescenta “estou certo de que este novo site no parque logístico da Azambuja oferecerá um valioso novo trunfo para a nossa nova estratégia do Sul da Europa, bem como para futuros inquilinos e a comunidade local. Além disso, o foco nos padrões ambientais que o activo manterá, demonstra o nosso compromisso com a sustentabilidade”.

Esta aposta surge também na altura em que a empresa anunciou o desenvolvimento de mais de 500.000 metros quadrados de propriedades logísticas verdes em Madrid.

Share This

Partilhar este artigo