O Grupo Os Mosqueteiros está apostado em consolidar a sua presença em Portugal e quer acelerar a sua expansão através da abertura de lojas e de uma estratégia de redução de preços, com o objectivo de fazer crescer a sua quota de mercado, actualmente fixada em 9,2%.

Em entrevista ao Expresso, o presidente do Grupo Os Mosqueteiros, Laurent Boutbien, falou do plano de investimento “ambicioso” do grupo até 2023. Em termos práticos, o Intermarché planeia alocar 200 milhões de euros para a abertura de 105 lojas e a criação de 3.150 postos de trabalho até 2023. No ano passado, o investimento rondou os 30 milhões de euros na abertura de nove pontos de venda, sendo que este ano deverá elevar-se para 60 milhões de euros, ou seja, 15 lojas.

Para apoiar este crescimento em termos de número de lojas é fundamental que o mesmo seja acompanhado pela logística. Para o efeito, foram investidos 11 milhões de euros no alargamento e modernização da base logística de Alcanena e estão direccionados 3,5 milhões de euros para a expansão da base logística que se localiza em Cantanhede.

“O investimento logístico será uma constante nos próximos anos”, garantiu ao Expresso Laurent Boutbien.

Share This

Partilhar este artigo