Numa aposta em facturação electrónica, a AICEP Global Parques implementou uma solução da tecnológica PRIMAVERA, de modo a reduzir os gastos administrativos relacionados com o processo da gestão da facturação, seja ela relacionada com fornecedores ou emitida a clientes.

A especialista na gestão de parques empresariais apostou nesta solução que lhes irá permitir maior transparência, rigor e agilidade dos processos que irão entrar em vigor na Administração Pública, e que mais tarde se irão estender a todas as empresas.

Isabel Tenreiro, directora administrativa e financeira da Global Parques, mostra-se pro-activa e com grandes expectativas futuras em termos de produtividade, revelando que “apesar de a AICEP Global Parques não integrar a Administração Pública, procuramos adoptar as medidas que acreditamos poderem trazer benefícios e, neste caso, contribuir para que a actividade seja pautada por valores como a transparência e o rigor, aliados à agilidade, produtividade e optimização dos recursos. A facturação electrónica é uma das medidas que virá, precisamente, ajudar a atingir esses objectivos”.

Actualmente, a AICEP está encarregue da gestão do parque da ZILS (Zona Industrial e Logística de Sines), BlueBiz (Parque Empresarial da Península de Setúbal) e Albiz (Parque Empresarial de Sintra), e pretende uniformizar o modelo de facturação, passando agora a ser electrónicas. Mensalmente, são emitidas cerca de 100 facturas a clientes e recebidas 140 de fornecedores.

Share This

Partilhar este artigo